quarta-feira, 30 de julho de 2014

Quadradinhos estimulantes: variando pontos


Isto é muito bom de fazer! Simplesmente concretizo na hora as idéias que me vão ocorrendo.

Idéias são como coelhos: se deixá-las livres, elas correm e se multiplicam.
Também são como borboletas: se não concretizá-las logo, elas voam para longe.

Liberdade é um ingrediente fundamental para mim. Jamais um trabalho meu no crochet será terapêutico se estiver engessado em padrões pré-determinados, receitas que eu vivo errando - sou péssima em seguir receitas - ou se estiver planejado para tantos passos que tornem meus próximos 30 dias previsíveis no crochet.
Aff, isto não tem nada de terapêutico... me seria desesperador e desmotivador, isto sim..

O quadradinho da esquerda foi o que fiz primeiro, com 15 pontos e em meio ponto alto. Enquanto eu o tecia, me lembrei do estudo "um novo ponto por dia", estudo que segui há certo tempo e me ocorreu variar o ponto diariamente, sempre mantendo as dimensões para que se harmonizem quando eu quiser uni-los.
Então fiz o segundo tipo, alternando o meio ponto alto e o ponto baixo, seguindo o ponto na carreira de volta. Seria um esquema semelhante ao ponto de barra 1/1 no tricot.

Aliás, adoro transformar esquemas de pontos do tricot para crochet...

.


Um comentário:

  1. Gostei do associação das idéias com coelhos e borboletas!

    ResponderExcluir